ELEIÇÃO DE PRESBÍTEROS E DIÁCONOS

I Timóteo 3:1-13 e Tito 1:5-9
Publicado em 28/07/2022

                                                                          CONVOCAÇÃO
O Conselho da IPF CONVOCA os membros comungantes para a Assembleia Geral Extraordinária no dia 23 de outubro de 2022, às 09h00 da manhã em 1ª convocação, ou, no dia 06 de novembro de 2022, às 09h00 da manhã em 2ª convocação, para a eleição de 03 (três) presbíteros e 06 (seis) diáconos para o mandato de cinco anos (01 de janeiro de 2023 a 31 de dezembro de 2027). Mais informações no site, nos murais e nos próximos boletins. 
OFICIAIS COM MANDATOS VENCENDO EM 31/12/2022
Presbíteros: Edmilson José da Silva e Levi Soares de Almeida.
Diáconos: Ademilton (Aldo) dos Santos Paixão, Emerson Alves Moreira, Flávio Assis Crispim, Isaias Honorato do Nascimento e Ricardo José Pereira Júnior.

O Conselho orienta a todos os membros para que leiam atentamente as instruções quanto a sugerir nomes até o dia 07 de agosto para concorrerem à referida eleição.

Um dos objetivos da conversão e transformação do ser humano é resgatar a visão bíblica da liderança masculina equilibrada tanto em sua família como também nos ministérios da igreja cristã. Cremos que, a partir do lar com o homem como o sacerdote da sua família, o cabeça da casa, cumprindo o seu papel segundo o modelo estabelecido pela Palavra de Deus, a igreja tem a segurança de confiar em homens fiéis a Deus para governar sua vida espiritual. Como Cristo é o cabeça da igreja, o homem é o cabeça da sua família e é chamado para ser líder na Igreja (Efésios 5:22-30).

Biblicamente falando, podemos afirmar que o exercício do pastoreio ou do presbiterato é uma prerrogativa do homem cristão qualificado. A não aceitação da presença feminina no quadro do presbiterato na IPB não é fruto de discriminação, pois, a Igreja sempre defendeu o reconhecimento dos direitos da mulher em todas as áreas da sociedade, porém, sem ultrapassar os limites estabelecidos pela Palavra de Deus. Cremos que em Sua Palavra, Deus deixa bem claro os papéis distintos do homem e da mulher. 

Segundo o Pr. Augustus Nicodemos, no meio cristão esse pensamento não é unânime entre os evangélicos apresentando diferentes argumentos para interpretação do assunto: 1) O PENSAMENTO IGUALITARISTA que ensina que homem e mulher foram criados iguais e que, por isso, não há posição de subordinação de um ao outro porque isso implicaria em desigualdade, ou seja, de qualquer modo um seria superior ao outro. 2) O PENSAMENTO COMPLEMENTARISTA que não nega que homem e mulher foram criados iguais, porém, ressalta que igualdade não significa a dissolução de marcas ou níveis de hierarquias e papéis diferentes. Dessa forma, homem e mulher se complementam porque exercem papéis distintos. 
SOMENTE HOMENS CRISTÃOS QUALIFICADOS PODEM EXERCER O MINISTÉRIO PASTORAL OU O PRESBITERATO NA IGREJA. (continua no próximo boletim).

                                                                                                               (Pr. Elizeu Dourado de Lima)

Compartilhe em suas redes sociais

Venha nos Visitar

Venha nos Visitar

Entre em Contato Conosco

Entre em Contato Conosco

Endereço

Av. Visconde do Rio Branco, 1636 - Centro, Fortaleza - CE, 60055-170

Entre em Contato

(85) 3052-2525

(85) 99955-0164

secretaria@ipf.org.br

Política de privacidade

Formulário de Direito dos Titulares

© IGREJA PRESBITERIANA DE FORTALEZA ® 2022. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.